Descargar

Distancia

51,02 km

Desnivel positivo

1.602 m

Dificultade técnica

Difícil

Desnivel negativo

956 m

Altitud máxima

1.591 m

Trailrank

11

Altitud mínima

863 m

Tipo de ruta

Solo ida

Tempo

8 horas 5 minutos

Coordenadas

2574

Fecha de subida

24 de enero de 2016

Fecha de realización

enero 2016
Sé el primero en aplaudir
1 comentario
Compartir
-
-
1.591 m
863 m
51,02 km

Vista 405 veces, descargada 2 veces

preto de Cambuí, Minas Gerais (Brazil)

1 comentario

  • Foto de Fernando Mendes

    Fernando Mendes 24 ene. 2016

    Diário de Bordo, 6º Dia: Cambuí (MG) a Monte Verde (MG), distrito de Camanducaia (MG), localizado no "teto da Mantiqueira". Saí às 10h sob Sol forte e nenhuma ameaça [à primeira vista] de chuva. Os primeiros 19 quilômetros pela Rodovia Fernão Dias (BR-381) foram fáceis, apesar de encarar, logo no começo, uma subida de três quilômetros. Ela deu o tom do que seria o dia de hoje. Ao meio-dia, no município de Camanducaia, abandonei a Fernão Dias na saída 917 e tomei o rumo de Monte Verde. Parei num restaurante no centro da cidade, almocei muito bem e parti para os 30 quilômetros finais, com 100% em forte ângulo de subida. O GPS marcava 994m; Monte Verde fica a 1.600m. Foram 606m de ascensão em 30 quilômetros. E sobe, sobe e sobe mais um pouquinho. Ao longo do trajeto, existem muitos estabelecimentos vendendo queijos, licores, cachaças e muitas outras iguarias, incluindo café expresso. Comecei a subir às 13h 30. Às 17h, alcancei a maior altitude do caminho: 1.607m, a maior que atingi pedalando minha bike. Cheguei a Monte Verde às 17h 40 e, no Portal da cidade, encontrei com a Bruna e o Rodrigo, casal que, igualmente a mim, também está fazendo uma viagem pelas Terras Altas da Mantiqueira. No entanto, eles seguem na direção contrária à minha. Conversamos um pouco, nos despedimos e saí em busca de uma pousada. O vento estava gelado. Precisava me abrigar. Depois do banho, saí em busca de víveres. Jantei muito bem. Precisei vestir blusa de mangas compridas e casaco corta vento. 13ºC a temperatura às 20h. O propalado aquecimento global não chegou por aqui, mesmo estando no verão que, dizem os expertos no assunto, será o mais quente desde Adão e Eva. O ponto alto do dia foi quando parei em meio às subidas insanas, encostei a bike numa placa e contemplei a beleza deste lugar. Relembrei todo caminho até ali e muitas outras viagens que fiz pedalando minha bike. Deixei fluir as coisas que a mente vai longe buscar. Amanhã seguirei para Joanópolis (SP) e lá encontrarei meu amigo [e xará] Antônio Olinto e esposa. Temos muito a conversar sobre nossas viagens.

Si quieres, puedes o esta ruta